Por: Secom
11/02/2020 - 00:13:34

No início da manhã desta segunda-feira (10/02), a direção do Hospital Regional de Eunápolis, iniciou o inquérito administrativo para escutar a equipe de médicos, seguranças e enfermagem de plantão na madrugada do domingo, quando uma paciente deu à luz na recepção da unidade.

O inquérito está sendo conduzido pela Procuradoria da Saúde e acompanhado pelo diretor geral da Unidade Jairo Jr. e a secretária de Saúde Márcia Quaresma. Todos os envolvidos foram escutados nesta segunda-feira. Tendo afastado toda a equipe imediatamente após tomar conhecimento dos fatos, a direção afirmou que até que tudo seja esclarecido ninguém será restabelecido ao cargo.

“O que aconteceu em nossa unidade nesta madrugada é inadmissível, isto não condiz com as normas do Hospital. Já ouvimos todos os envolvidos e nesta terça-feira os órgãos competentes estarão sendo acionados: CRM, COREN, Ministério Público e autoridades policiais. O objetivo é punir com rigor todos os culpados para que situações desta natureza não mais se repitam em nosso Hospital”, esclareceu Jairo Jr.

 


Enquete

Brasil confirmou primeiro caso de Coronavírus. Você já sabe como se previnir?




VOTAR PARCIAL