Por: Redação Atlântica News
11/05/2018 - 20:03:52

Dois irmãos foram presos na cidade de Aurelino Leal, sul da Bahia, por matarem, com requintes de crueldade, o administrador da fazenda onde trabalhavam, Miguel Mário Oliveira Santos, 51 anos. Os autores, Reinan Oliveira da Silva, de 20 anos, e Venício da Silva dos Santos, 18, confessaram o crime sob a alegação de que a vítima teria desligado o sinal de Wi-Fi do imóvel.

As prisões aconteceram na última quarta-feira (9), enquanto jogavam futebol na mesma fazenda onde ocorreu o crime. Miguel foi assassinado e teve o corpo escondido na área na noite de 21 de dezembro de 2017. O corpo dele foi desmembrado e enterrado em uma cova rasa, a cerca de 15 metros da casa. A cova foi encontrada dois dias após o crime.

Mentira – O delegado Lane Andrade, responsável pelas investigações, aponta que os irmãos mentiram sobre a motivação do assassinato. Segundo ele, a suspeita é de que os dois tenham cometido latrocínio – roubo seguido de morte, e criaram a versão sobre o sinal da internet na tentativa de abrandar a pena.

De acordo com o delegado, a motocicleta da vítima sumiu da fazenda no mesmo dia em que ele foi assassinado. O delegado disse ainda que a perícia da cena do crime ficou comprometida, porque a dupla limpou o local.


Enquete

Se testemunhasse um homem agredindo a companheira, o que você faria?





VOTAR PARCIAL