Por: BN Mulher
03/04/2018 - 10:54:52

No domingo (1), Epsy Campbell Barr tornou-se a primeira mulher negra a alcançar o posto de vice-presidente de um país latino-americano. Ela foi eleita pela chapa Carlos Alvarado, que se tornou presidente da Costa Rica. Os candidatos do centro-esquerda Carlos e Epsy, filiados ao Partido Accíon Ciudadana (PAC), lutam pela tolerância e direitos igualitários na corrida presidencial. Dentro das suas propostas de campanha, eles defendem o direito dos homossexuais ao casamento, por exemplo, que ainda não é previsto por lei na Costa Rica. Os dois tomarão posse dos cargos no mês que vem.

 

De acordo com o site M de Mulher, Epsy tem 54 anos e é formada em economia. Entre os anos de 2002 e 2006, ficou no cargo de deputada e no ano de 2014 tentou concorrer à presidência, no entanto, o PAC escolheu outro candidato. Ainda em 2014, ela voltou a trabalhar junto ao legislativo da Costa Rica. Em 2018, Epsy voltou a demonstrar interesse na corrida presidencial e foi escolhida para a chapade Carlos Alvarado.


Enquete

Você já fez algo para ajudar a rua em que mora?




VOTAR PARCIAL